Sunday, August 29, 2010

Surfando em ondas e sofás - parte II

Continuando...
O Rúúúri é uma onda, bicho! Pense! Cara muito legal =) Foi ele que me fez comer blueberries pela primeira vez. É, mais uma vergonha nacional. Pelo menos eu comi, né? Nâo neguei. E, sim, é uma DELÍCIAAAAAAAAAA!!!! Uma das coisas que vou sentir falta daqui, definitivamente... Especialmente pelo preço... hihihihiihhi
Estacionamos e resolvemos ir a praia. Nesse 'ir a praia', o irlandês superbranco da estrela olha pra mim e diz:
- Vamo entrar no mar?
PAREM O MUNDO QUE EU QUERO DESCEEEEEEEEEEEER!!!!!!!!!!!!!!!
- Como assim entrar no mar, menino? Tá louco!? A gente não tá nos trópicos! Se qualquer parte do meu corpo encostar nessa água, eu vou virar um cubo de gelo! Sem noção!
- Vamo, menina! Tu num já tás aqui? Então... aproveita! E congela nada... a água deve tá ótima! Vamooo...
E foi-se embora o descendente de viking...
Olhei prum lado, olhei pro outro e pensei: Quer saber? Eu to aqui pra que mesmo?
- To indooooooooooo...
E lá fui eu, recifense acostumada às águas térmicas de Boa Viagem e Porto de Galinhas (hasuashuas! eh leeeenda! ahsuahsahusuhas), entrar no mar.

PAUSE!
Pessoas, meu mundo parou por alguns minutos e eu pensei que ia morrer. Não consegui sentir minhas pernas e minhas mãos. Desejei por vários momentos ser o abominável homem das neves, só pra ter a quantidade de pelos que ele tem... QUE ÁGUA GELADA DO CRÉÉÉÉÉÉÉU!!!!! Pense num grito! Um não, váários! E o ginger hair morrendo de rir de mim... alma sebosa!

PLAY!
Entramos eu, o enferrujado, uma francesa e uma menina do Camboja. Sim, você não leu errado... do Camboja. CouchSurfing é exatamente assim: você conhece gente do mundo todo num fim de semana indo pro sul da irlanda... =)
Foi bem legal depois de vários minutos me acostumando com as 'pequenas' ondas e o frio congelante da água.
- Vamo voltar, que o pessoal vai colocar o wetsuit...
Voltamos...
Outra novela foi vestir a bendita da roupa, minha gente! A menina pegou lá a roupa, olhou pra mim e disse:
- Essa é sua. Vai ficar perfeita em você! Toma...
Avemaria mãe do senhor! Se você, queridinho, queridinha, pensa que aquelas calças coladinhas no corpo de uma mulher é difícil de entrar... que só entra passando manteiga... certamente nunca tentou vestir essa roupinha de neoprene! É horríííível vestir aquiloooooo!!!! Mas né que fica legal depois da tormenta? Disfarça até a barriguinha... =D
O instrutor falou, falou, falou.. avemaria, era tanta instrução! Eu pensei: quer saber? Vou é entrar na água e me jogar! Obviamente peguei as primeiras instruções neh. O benditinho até falou: "Ó, se você não conseguir fazer o que eu to dizendo agora, é melhor nem tentar ficar de pé na prancha na próxima metade da aula...". Isso é que é um pensamento positivo... isso é que é um instrutor que tá ganhando 20 euros por pessoa pra ensinar a surfar! Claro que morri de medo de não conseguir ficar deitada em cima da prancha mexendo os braços e pernas neh... mas se tem uma coisa que eu lembro bem das minhas aulas de natação quando eu tinha 10 anos de idade (e o grilo faz 'cricricricri' nessa hora. momento nostalgia...) é bater as pernas e os braços, então eu passei na primeira fase! Claro, levando vacas e vacas!! ahsuaushauhshuasuhsuh e rindo de me acabar da francesa que, coitada, nem do canto saía...

PAUSE!
Essa francesa é um capítulo à parte na história... Escandalosa e querendo ser best friend forever de todo mundo. Resultado? Ninguém aguentava mais a voz e a presença dela depois de algumas horas de convivência...

PLAY!
Vamo subir na praaaancha!
Ah, isso eu não consegui! Tem de ser muito ráááápidoooo! Meu Deus!
Mas a experiência de tentar valeu muito! Muito caldo, muitas pancadas, muitas batidas de prancha dos outros na cabeça e nos braços... hunf!
Mas foi massa demais! E no fim de tudo tava um calorzinho até bom. Explico: quando você já está morando num lugar há quase dois anos e nesse lugar o máximo que faz é 24 graus, você tá quase tirando a roupa de tanto calor quando o termômetro aponta 20 graus... =) Creia-me!
Depois do surf, voltamos pra casa do dono dos gatos e resolvemos fazer um churrasco. Pois é. Churrasco de irlandês tem direito a muitos muitos muitos molhos, salada verde, hamburguer e coxinha de galinha. Tava bem legal, no fim das contas (quem não tem cão...).
Depois ficamos só jogando conversa fora na sala. Uma parte do pessoal foi beber num pub e outra parte (eu inclusa) ficou na casa. Ou porque tava com muito sono, ou porque tava com muita dor nos braços (meu caso).
No outro dia, fomos a outra praia.. ficamos conversando e tirando onda. Nada de entrar na água para mim. A experiência do dia anterior tinha sido suficiente...

=)

1 viagens...:

manuela alcoforado said...

ei, gatona! me divirto com essas aventuras! :)

meu blog:
http://dormindocomourso.blogspot.com/

beijos!