Wednesday, December 30, 2009

Questionário

2 viagens...

Achei interessante, encontrei no fotolog de um conhecido... vamo tentar responder, né?


O que você fez em 2009 que nunca tinha feito antes?
Viajei bastante, trabalhei em algo que nunca tinha imaginado fazer, vi neve... quase tudo...

Você manteve as resoluções de ano novo de 2009 e fará novas para 2010?
o que eu pensei em 2008 pra 2009 foi: vou estudar, trabalhar e viajar. foi isso. Pro ano que vem, o lance vai ser trabalhar e estudar.... viajar vem no bolo...

Que lugares você visitou?
É pra listar?? Ok...
Dublin
Wicklow
Howth
Skerries
Glendalough
Cairo
Luxor
Dahab
Paris
Londres
Galway
Cliffs de Moher
Edimburgo
Bolonha
Veneza
Giant Causeways
Killiney
...

O que você gostaria de ter em 2010 que faltou em 2009?
Menos saudades.

Que data de 2009 vai ficar marcada em sua lembrança?

Duas datas: 22 e 23 de janeiro. Data de saída de Recife e data de chegada em Dublin.

Qual sua maior realização no ano?
Ter feito o que queria fazer [em maior ou menor proporção].

Qual foi o seu maior fracasso?

Não consigo pensar em fracassos. Independente do que aconteceu, foi aprendizado, não fracasso.

Você teve alguma doença?

Saudade.

Qual foi a melhor coisa que você comprou?

O laptop.

Que comportamento mereceu comemoração?

Meu ou dos outros? Ah, sei lá... acho que tentei ajudar as pessoas o máximo que pude...

Que comportamento foi deprimente?

crises de banzo...

Pra onde foi a maior parte do seu dinheiro?

Pras viagens.

O que te deixou realmente excitado?

Estar "na foto".

Que canções sempre vão te lembrar de 2009?

posso dizer os artistas? ok...
Lenine [sempre]
U2 [única e exclusivamente por causa de Robi]
The Script
Billie Holiday

Comparando-se com essa época, no ano passado, você está:
I. mais feliz ou mais triste? defina felicidade...
II. mais magro ou mais gordo? mais gorda. hunf.
III. mais rico ou mais pobre? defina riqueza e pobreza...

O que você queria ter feito mais?

vivido...

O que você queria ter feito menos?

ficado menos no Brasil...

Como vai passar o reveillon?

ainda não sei.

Você se apaixonou em 2009?

uhun. mas percebi que as pessoas são estranhas, às vezes.

Qual foi seu programa de TV favorito?

não assisto TV... mas passei uns 2 meses vendo qualquer coisa por pelo menos meia hora todo dia, pra melhorar meu listening

Você odeia alguém hoje que não odiava há um ano?

não... só sentida com algumas pessoas...

Qual foi a sua maior descoberta musical?

The Script.

O que você quis e conseguiu?

viajar.

O que você quis e não conseguiu?

juntar tudo: viagem, estudo, família e amigos.

O que você fez no seu aniversário?
fui a uma galeria de arte durante o dia e tive uma festinha surpresa à noite... bem legal! =)

O que teria feito o seu ano infinitamente melhor?

ter feito o que eu não consegui fazer...

Como descreveria seu modo de se vestir em 2009?

empacotada.

O que manteve a sua sanidade?

Lavis, Ana Maria e Amanda.

Qual episódio da política que te deixou mais puto?

pode ser de futebol não? odiei o fato da Irlanda não ter ido pra Copa...

De quem sentiu falta?

tanta gente...

Quem foi a pessoa mais legal que você conheceu
?
Pode botar no plural? ok.
Ana Maria, Amanda, Rodrigo, Anne, Hellyda, Lorena, João, Guilherme, Simona, Carolina...

Diga uma lição valorosa que aprendeu em 2009:
que eu preciso aprender mais.


FELIZ ANO NOVO, PESSOAS.
amo vocês
morro de saudades...

Wednesday, December 23, 2009

Os Votos [Sergio Jockymann]

0 viagens...

Pois desejo primeiro que você ame e que amando, seja também amado.
E que se não o for, seja breve em esquecer e esquecendo não guarde mágoa.
Desejo depois que não seja só, mas que se for, saiba ser sem desesperar.
Desejo também que tenha amigos e que mesmo maus e inconseqüentes sejam corajosos e fiéis.
E que em pelo menos um deles você possa confiar e que confiando não duvide de sua confiança.
E porque a vida é assim, desejo ainda que você tenha inimigos, nem muitos nem poucos, mas na medida exata para que algumas vezes você interprele a respeito de suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo para que você não se sinta demasiadamente seguro.
Desejo depois que você seja útil, não insubstituívelmente útil mas razoavelmente útil.
E que nos maus momentos, quando não restar mais nada, essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.
Desejo ainda que você seja tolerante, não com que os que erram pouco, porque isso é fácil, mas com aqueles que erram muito e irremediavelmente.
E que essa tolerância nem se transforme em aplauso nem em permissividade, para que assim fazendo um bom uso dela, você dê também um exemplo para os outros.
Desejo que você sendo jovem não amadureça depressa demais,
e que sendo maduro não insista em rejuvenescer,
e que sendo velho não se dedique a desesperar.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e é preciso deixar que eles escorram dentro de nós.
Desejo por sinal que você seja triste, não o ano todo, nem um mês e muito menos uma semana,
mas um dia.
Mas que nesse dia de tristeza, você descubra que o riso diário é bom, o riso habitual é insosso e o riso constante é insano.
Desejo que você descubra com o máximo de urgência, acima e a despeito de tudo, talvez agora mesmo, mas se for impossível amanhã de manhã, que existem oprimidos, injustiçados e infelizes.
E que estão estão à sua volta, porque seu pai aceitou conviver com eles.
E que eles continuarão à volta de seus filhos, se você achar a convivência inevitável.
Desejo ainda que você afague um gato, que alimente um cão e ouça pelo menos um joão-de-barro erguer triunfante seu canto matinal.
Porque assim você se sentirá bom por nada.
Desejo também que você plante uma semente por mais ridículo que seja e acompanhe seu crescimento dia a dia, para que você saiba de quantas muitas vidas é feita uma árvore.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano você ponha uma porção dele na sua frente e diga: Isto é meu.

Só para que fique claro quem é o dono de quem.
Desejo ainda que você seja frugal, não inteiramente frugal, não obcecadamente frugal, mas apenas usualmente frugal.
Mas que essa frugalidade não impeça você de abusar quando o abuso se impor.
Desejo também que nenhum de seus afetos morra, por ele e por você. Mas que se morrer, você possa chorar sem se culpar e sofrer sem se lamentar.
Desejo por fim que,
sendo mulher, você tenha um bom homem
e que sendo homem tenha uma boa mulher.
E que se amem hoje, amanhã, depois, no dia seguinte, mais uma vez e novamente de agora até o próximo ano acabar.
E que quando estiverem exaustos e sorridentes, ainda tenham amor pra recomeçar.
E se isso só acontecer, não tenho mais nada para desejar.

==

Desejo exatamente isso, pessoas.
Boas festas!
Saudades muitas, infinitas!
Amo voces!


P.S.: 1. esse poema eh veiculado como sendo de Vitor Hugo, poeta frances, mas na verdade eh do jornalista Sergio Jockymann.
2. eu sei que o correto no verso seria 'impuser', nao 'impor'. Acontece que existe a chamada licenca poetica.
3. frugal siginifica sobrio, simples.

Monday, December 14, 2009

Com onze meses de Irlanda eu aprendi que [I]

1 viagens...

[Impressões gastronômicas]

. ioguRte Pianola é muito gostoso;
. iogurte do Tesco é horrível [apesar de ser MUITO mais barato];
. a carne moída irlandesa tem gosto de sebo [pelo menos as dos supermercados] e que o salmão é delicioso;
. você não pode tocar nas frutas e verduras quando vai a uma feira livre em Dublin. Se quiser tocar, apalpar, escolher, vá num supermercado e pague o dobro do preço;
. quase todas as comidas da Irlanda têm batata;
. um século atrás, houve uma grande fome na Irlanda porque uma praga atingiu as plantações;
. Brennan's é o melhor pão de Dublin;
. Nutella é uma perdição na vida de um ser humano, especialmente quando está em promoção;
. papeizinhos de desconto DEVEM ser sempre guardados;
. você deve levar pelo menos uma sacola de feira quando for sair à toa em Dublin;
. em Dun Laoghaire [Dãn Liri, com o 'r' do interior paulista] acontece todo ano um festival muito massa, onde você pode conhecer muitas coisas de culturas do mundo todo, especialmente a cultura gastronômica;
. todo sábado rola no Temple Bar [o Recife Antigo de Dublin] uma feira orgânica que tem um sanduíche de carne de cordeiro delicioso! [e caro...];
. noodles não são tão ruins assim quando você não quer/ não tem tempo para cozinhar;
. existem receitas REALMENTE fáceis de fazer na internet;
. as comidas irlandesas são, geralmente, bem temperadas [para não dizer apimentadas];
. homens emagrecem, mulheres engordam quando chegam em Dublin;
. é fato: você come mais doces aqui.

Com onze meses de Irlanda eu aprendi que [II]

0 viagens...

[Impressões líquidas]

. nós brasileiros bebemos MUITO menos do que os irlandeses;
. a Guinness pode ser boa, depende do lugar onde você compra... e a Guinness da fábrica da Guinness não é tão boa assim;
. é mais barato você beber em casa antes de ir ao Pub;
. não existe Garagem em Dublin [interna para recifenses];
. os pubs param de funcionar às 2h30 da manhã [é lei] e, se você não tem nenhuma festinha na casa de alguém pra ir, é o jeito ir pra casa;
. bebidas alcoólicas na Irlanda só podem ser comercializadas até as 22h nos mercados e chamados off-licence. Depois disso, só em pubs [sim, é melhor manter um estoquezinho em casa pra qualquer emergência.. rsrs];
. no inverno você não precisa colocar nenhum líquido na geladeira... a varanda é um ótimo freezer;
. água gelada você bebe direto da torneira;
. os irlandeses são viciados em Red Bull e energéticos de forma geral;
. Lucozade é horrível! gosto de vitamina C de terceira categoria;
. smoothies são deliciosos, quando tomados no verão;
. sucos de caixa são, geralmente muito ruins;
. você deve sempre verificar se deve adicionar água ao suco de garrafinha. se sim, não compre!;
. existe um 'fervedor' de água e que é maravilhoso nas horas de maior frio;
. nada paga um suco de laranja feito da própria fruta e uma Skol de garrafa bem gelada.

Com onze meses de Irlanda eu aprendi que [III]

0 viagens...

[Impressões irlandesas]


. é difícil encontrar um irlandês em Dublin. É mais fácil achar chinês, brasileiro, francês e polonês;
. a Penneys existe;
. a Dunnes Stores existe;
. o Lidl existe;
. o Tesco existe;
. o Luas existe e devia haver em Recife também;
. ajudar as pessoas é muito bom;
. ver as pessoas ajudadas por você ajudando outras é melhor ainda;
. neve só é legal no primeiro dia;
. ter alguém pra lhe ajudar é maravilhoso;
. as Ilhas Maurício existem, ficam na África e são lindas pela foto;
. é fácil chamar alguém de amigo em Dublin, difícil é ser amigo;
. boa parte dos irlandeses tem algum dos dentes podre. Se não tem, é um bom partido;
. se você quer encontrar um irlandês, é melhor ir pros EUA, Austrália ou Inglaterra;
. as jovens irlandesas se vestem como prostitutas, agem como prostitutas, mas não são prostitutas [elas seriam expulsas da UNIBAN, sem dúvida alguma!]
. é MUITO difícil você não ter amigos brasileiros em Dublin;
. os irlandeses são bem simpáticos, se comparados ao resto da Europa... mas confie desconfiando;
. energia elétrica na Irlanda é caríssimo;
. cigarros na Irlanda são MUITO caros;
. quando for alugar uma vaga num apê em Dublin, SEMPRE pergunte a respeito da água quente e dos aquecedores;
. você consegue suar a 18°C;
. você consegue usar roupas de verão [shorts e camisetas] a 20°C;
. as praças não servem apenas pra turista visitar, mas também para os moradores ficarem deitados como lagartixas no verão;
. é possível pegar bronze a 22 ou 24°C;
. não estamos ilhados apenas fisicamente, podemos ficar ilhados psicologicamente também;
. as amizades que são feitas aqui podem [ou não] durar pra sempre, depende de vocês;
. os italianos, de modo geral, são louquinhos e reclamam MUITO se você coloca ketchup na pizza ou no macarrão;
. você pode aprender a cozinhar;
. o preconceito maior aqui é com o branco vestido de conjunto de moleton - nackers, não com o negro [pra você ver que cor não diz nada];
. as salas da universidade mais conhecida daqui , Trinity College, são iguaizinhas às da Federal [falo da sala em si, não do que tem nela. rsrsrs]
. não importa o quanto o sol brilha, vai ter esse vento gelado terrível batendo no seu rosto de qualquer jeito!;
. guarda-chuva [com ou sem hífen? rsrs] não adianta de nada em Dublin;
. internet em casa é tão ou mais importante do que papel higiênico na hora da dor de barriga;
. imprimir fotos ajuda um bocado a amenizar o banzo;
. é possível aprender a andar de bicicleta aos 26 anos;
. não existe área de serviço nos apartamentos de Dublin;
. não existem ralos nas varandas de Dublin;
. quando você pega temperaturas abaixo de zero, 10 graus é "fresquinho";
. o frio não conserva. só faz fazer sua pele ficar mais seca;
. o inglês que você aprendeu no Brasil PRECISA passar pelo intensivão Dublinense;
. reciclar lixo não é assim tão difícil, além de mais econômico;
. em muitos apartamentos de Dublin, você tem de pagar pelo lixo que produz;
. os sinos das igrejas badalam bem na hora que você quer descansar... e no domingo eles não se importam se você quer dormir o dia todo: às 11 da madrugada começa o blém blém;
. a energia elétrica é menos cara a partir das 11 da noite;
. flatmates alemãs lembram a você como se diz lombada em alemão [VERKEHRSBERUHIGUNGSRAMPE];
. viajar é uma das maiores recompensas pra quem trabalha pesado;
. as férias trabalhistas na irlanda não são de 30 dias seguidos, mas em média, uma semana a cada 3 meses;
. você sente falta até das coisas que mais lhe irritavam no Brasil;
. sua casa é o melhor lugar do mundo.