Monday, October 26, 2009

London, London...

0 viagens...

Depois de um mês sem viajar e quase enlouquecendo, chegou o dia de ir a Londres.
Ai, santa Ryanair! 20€ por uma passagem de ida e volta a Londres... nem gosto... hhuuhhuhu
Reencontrei um amigo de longas datas, graças a santa internet. Não, não tão longas... estudamos juntos na sétima série. Ou seja, alguns [poucos] anos atrás... hiihihhi
Descobri que ele mora em Londres há uns 4 anos, ó! Vê que beleza... E ele ofereceu um lugar pra eu dormir e ficar durante os dias que estaria em Londres. Nem queria... ahahahahahah
Acordei de madrugada pra pegar o ônibus pro aeroporto pensando que o voo era mais cedo... quando me acomodei no ônibus, descubro que na verdade o voo estava marcado pra uma hora mais tarde... é... esqueci de checar, podia ter dormido mais um pouco... ahahahah
Chegando em Londres, com o telefone de Hugo em mãos, mandei mensagem quando cheguei no aeroporto... Ele me disse pra dar um jeito de chegar no centro da cidade... que ficava a mais ou menos uma hora dali [é, a Ryanair não é tão boazinha... rsrs]. Dei meu jeito e consegui.
Em Londres é o seguinte: quase todos os pontos turísticos se encontram nas áreas 1 e 2. E o metrô é muuuuito eficiente. Portanto, quando você for por lá, peça na estação um Day Ticket [quando eu fui, custou £5.60]... ele te dá direito de andar quantas vezes quiser durante o dia todo nos metrô. Massa né? Pois é...
Deixei minha mochila no escritório de Hugo e fui bater perna! Afinal, tinha somente 3 dias pra aproveitar...
Peguei o metrô e fui até o Picadilly Circus, uma área muuuito famosa de Londres. Bem massa lá...
Fiquei andando, andando, andando... o mapa que eu tinha em mãos não me ajudava muito porque não tinha os nomes das ruas direito... aí me perdi umas poucas vezes. Mas deu tudo certo... passei pelo London Square Gardens, comi algo por lá...
Andei, andei... acabei parando na Galeria Nacional. Quanta coisa linda lá dentro, meu Deus! Tooooodos os pintores renomados e pouco conhecidos... lindo, lindo, lindo!
Continuei passeando e fui parar no Big Ben e Parliament House... gigante!
No meio do parque, mais um Rodin. Esse eu não conhecia... era uma escultura sobre Os burgueses de Calais. Bem interessante!
Sentei à beira do Tâmisa, fiquei pensando na vida, nas minhas saudades... depois de um tempo, atravessei uma das pontes e fui andando pelo outro lado do rio. Sentei num banco e fiquei contemplando a beleza de Londres. Foi bem solitário e melancólico... às vezes é bom viver esses momentos.
Segui pela beira do rio e cheguei à London Eye. Óbvio que não subi. Mas tirei foto, né? Hahahahahahaha
Preferi entrar no Dalí Universe... muuuuito mais legal! Fiquei boba com as obras deles... especialmente de Dalí... amo amo amo!
Atravessei a ponte super high tech e fui encontrar com Hugo no escritório dele. De lá, fomos a um pub, tentar colocar os papos de alguns anos atrás [ihihhhiih] em dia. E pense que a gente conversou, viu? ahahahaaahhaha E tome fofoca... ahauahauhahuhua...
Muito legal reencontrar velhos amigos...

Saturday, October 24, 2009

Agosto, mês do desgosto...

1 viagens...

Tenho certeza que já disse aqui ao menos uma vez o quanto gosto de Simona e Carolina, né?
Também disse que a vaga do apê que a gente tava morando era até o fim de agosto...
Pois é... o dia de partir teve de chegar...
Carol ficou de voltar no fim de setembro pra Dublin pra fazer um curso pra prova de proficiência no inglês e Simona voltou pra Bolonha... voltou a estudar porque vai tentar fazer um mestrado ano que vem.
Carol nunca voltou pra Dublin... a empresa em que ela trabalhava mandou e-mail pra ela, chamando pra trabalhar lá de novo... aí ela acabou adiando Dublin. Até porque essa empresa, pelo que eu soube, é uma das melhores de Milão na área de design. Acho que foi até melhor ela ficar lá mesmo, sabe? Não por ela somente, mas pela carreira.
Simona está em Bolonha estudando pra uma bendita prova que eu nunca entendi bem o que era... sei que se ela passar nessa prova, pode fazer o mestrado dela tranquila. Espero de coração que ela passe.
Essas duas foram dois anjos enviados por Deus na minha vida, sabe?
Carol, sempre maluquinha, fazendo arte com cimento... sempre com fome! Se você oferecesse a ela alguma coisa, pode ter certeza que ela aceitaria. Se você estivesse cozinhando, lá vinha ela perguntar o que você tava cozinhando, com aquele sotaque italiano que você reconhece facilmente [é, italiano não fala... italiano canta!]:
- What are you cooking?
Carol não tinha estômago, tinha compartimento de carga...
Simona, sempre muito prestativa, pronta a ajudar em qualquer coisa... o sorriso como marca registrada! E o estudo! Rapaz, Simona estudava demais! Eu dizia:
- Simona, sai de casa! Eu sei que esse clima irlandês é horrível, mas sai um pouco de casa... vai tomar um ar, vai tomar um café... sei lá!
Aí ela respondia, se esforçando pra não falar com o sotaque italiano:
- Ah, mas eu saí de casa hoje... passei a manhã inteira no parque...
- Foi mesmo? Que legal! Fizeste o que no parque?
- Estudei!
- ¬¬'
Não tinha jeito!
Mas as duas lindas demais! Vão morar no meu coração pra sempre!

Contei que me mudei pra uma casa com duas italianas, né? Pois é... COMPLETAMENTE diferentes. Legais também, mas MUITO diferentes! Acontece que houve algumas histórias aqui em casa e as duas seguiram rumo. Uma tá fazendo PhD em Bruxelas, a outra arrumou um quarto só pra ela num outro apê...
Hoje eu tô morando com um casal de brasileiros, Régis e Renata [que tem o maior defeito do mundo: ele é corinthiano... ela é palmeirense... hunf!] e divido o quarto com uma alemã muito legal, a Bernadette.
Mas nada se compara a Simo e Carol... ;~~

Iú txuuuuuu!!!!!!!!!!

0 viagens...

Chegando de Paris, só deu tempo mesmo de descansar umas horinhas... afinal de contas, Bono, the Edge e cia nos aguardavam...
ahahahahahahahaahahahhaahah
O show foi no Croke Park, que fica a uns 40 minutos de caminhada da minha casa... Como Lavis não ia ficar na mesma área que eu, a gente se separou quando tava indo pro estádio.
Então ficamos eu e Amanda, junto de Tiago, um amigo meu do curso.

ingresso na mão, prontas pra entrar!
Chegamos lá por volta das 5 da tarde, porque o show começaria às 6...
Superestrutura! Aquele palco só cabe em estádio de futebol... é gigante demais!
Ainda do lado de fora, recebemos uma pulseirinha da ONG do Bono, a ONE... bem massa!
Lá dentro não tava tão cheio... eu achei que fosse ficar lotado, fila pra todo lado, essa coisas bem brasileiras, sabe? mas não. Tudo muito organizado. Não enfrentamos fila pra nada. Nem pra ir ao banheiro!
Duas bandas se apresentaram antes do U2. A primeira nem lembro o nome... tocaram uns covers... gostei muito não.
A segunda era a The Script, pela qual eu me apaixonei à primeira audição! É sério, eu adorei a banda! desde aquele dia, tá na minha setlist. Não sai pra nada!


Até que chegou a grande hora... Nossa! Eu nem posso descrever aqui o SHOW de U2. Magnífico... O melhor de tudo foi que eles começaram a tocar ainda de dia e foi anoitecendo... o por do sol se misturando com as cores do palco... perfeito! Adorei cada segundo! Fiquem com algumas fotos...

Parri [2]

0 viagens...

No domingo, não tivemos dúvida: LOUVRE!
Eu não deixaria de ir lá por nada no mundo!
Mas antes, fomos à Galeria Lafayeti... e estava fechaaaada! =( era domingo...
Passamos também pela ópera de Paris, que é lindíssima!!!!
No caminho, paramos num lugar pra comer croissant. Porque ir pra Paris e não comer croissant... é um despautério!
Percebemos que tava rolando algo de muito especial na cidade... todo mundo na rua, umas faixas amarelas... estranho...
Até que descobrimos. Naquele dia a Tour de France tava passando por Paris.
O povo todo nas ruas, torcendo... fazendo barulho... mas não podíamos parar pra assistir porque não teríamos tempo de fazer tudo. Seguimos para o Louvre.

no caminho pro museu, a Paris eye...
Minha gente, é indescritível. Sem noção da beleza daquele lugar...
A entrada custa 9€, mas se a pessoa tem até 25 anos e mora na Europa, não paga. Massa né? Pois é... Ana Maria e Lavis não pagaram. =)

É, minha gente... O louvre é mesmo lindo! Todo tipo de arte, de todas as épocas... ai, ai...

No meio do louvre, já sem me aguentar, comecei a chorar. Chorei feito criança... porque nunca na minha vida imaginei que poderia colçocar os pés ali. Chorei porque tudo que eu tinha estudado na escola, na faculdade, na especialização... tudo tava ali. Lindo. Perfeito. AO VIVO!
Aí fiz o que todo mundo faz quando se sente assim: liguei pra minha casa. minha mãe atendeu...
- Maiiiinha, é tudo tão lindo aqui... eu tô aqui, mainha!
- Que bom, minha filha... aproveite!!!!
- Mainha, é real!
- Eu sei, filha... eu sei!
- Obrigada, mainha... Diz obrigada a painho também, por ter me dado a oportunidade de realizar isso...
- Qué isso, filha... Aproveite!
- Mainha, é lindo...
- Eu sei, filha, eu sei... agora perca tempo comigo não... vá curtir, vá...
- Tá bom...

Galerinha... era real! Gericault, Delacroix, Giotto, Da Vinci... tudo ali, aos meus olhos!
As meninas tavam morrendo de fome, queriam comer... mas eu queria ficar lá, aproveitar cada momento daquele pra mim era mágico... aí disse que elas fossem e que a gente se encontrava na torre eiffel. Dito e feito. Acabei passeando mais por lá e descobrindo mais coisas... como a tumba de Ramsés I, que tava faltando quando eu fui ao Egito... e a Vênus de Milo. Inesquecível!
perfeita!
Gente, pra ir ao Louvre, vc tem de separar um dia da sua viagem. É impossível conhecer o Louvre em 2 horinhas... Eu não pude ficar o dia todo lá, mas um dia eu volto...
Do Louvre, fui andando pelo parque, no sentido da torre... acontece que tinha uma área lá fechada por causa da competição. Aí tive de arrodear... e foi o melhor que eu fiz. Lá estavam eles. o casal... se beijando... lindos! Rodin novamente na minha vida... no meio do parque! Digaí!

Encontrei as meninas na torre... claro que não subi. Ana Maria foi a única que enfrentou a fila quilométrica e subiu de escada... corajosa! ahahahahahahah

A gente ficou deitada no parque, conversando, esperando e dormindo...
Comprei um baguete original francês pra comer e fiquei por lá...

Da torre, seguimos pro arco do triunfo. O arco fica no meio de uma giratória. E carro pra todo lado! Uma olhou pra cara da outra e ficamos nos perguntando se pra chegar no arco era preciso arriscar a própria vida e que agora entendíamos o nome do bendito arco... porque não tinha NENHUM sinal de trânsito! Era uma giratória! ahahhahaahahah o que fizemos? sentamos num banco e ficamos hooooras contemplando o arco do triunfo de longe. Depois de muito tempo, uma se levantou e resolveu checar como era o esquema pra chegar do outro lado porque não era possível ter de arriscar a pele... Eis que surge uma placa indicando como atravessar a rua. Era um túnel. Certo, agora a gente já sabe como faz pra atravessar... tem de passar pelo túnel, ir por baixo da rua. Beleza. Agora cadê a entrada? ahahahahuuahuhauhahuahuauha
Descobrimos que a entrada era do ooooooooooutro lado e que teríamos de ir contornando pra poder chegar lá.
Finalmente chegamos lá né... ahauahuahuahuaahu!!!! Que onda, viu? Francês é uma racinha alma sebosa mesmo! ahahahahahahahahahah
O arco é lindo, mas pra subir são 9€. Nessas horas eu agradeço meu medo de altura... rsrs.
Obviamente Lavínia e Ana Maria, as menores de 25 anos, subiram de graça... não, não fui eu quem tirou essa foto, obviamente...
Eu e Adriana ficamos lá por baixo, contemplando o belo por do sol que a cidade nos proporcionava...
Terminamos nosso passeio na famigerada avenida Champs Élysées...
Comemos algo e fomos pra casa, porque o voo de volta pra Dublin era cedinho na segunda...
E eu não podia me dar o luxo de perder esse voo, afinal, o show de U2 estava a minha espera! o/