Wednesday, August 12, 2009

Dahab, o paraíso!

A idéia inicial era ir pra Sharm el Sheik. Pelas fotos, parecia ser a coisa mais linda do mundo.
Mas aí o queridinho Mohammad lá do hostel disse a gente que pra o que a gente queria fazer, a melhor opção era Dahab. Confiamos, né?
A promessa, como eu disse, era de uma viagem de 14 horas... mas que viraram 18.
Sei lá por quê! Mentira daqueles Mohammads mesmo...

Sei que o estresse do motorista era do tamanho do mundo...
Tanto que ainda no começo da viagem um carro cortou o ônibus [claro, ninguém gosta de viajar atrás de um ônibus, né! nem no Egito!]... normal neh? não! o motorista louco cuspiu no vidro! No vidro do ônibus!!!!! Justamente porque não podia cuspir na cara do motorista do carro né! ahhaha doido!

O benditinho do motorista colocou música em árabe pra TODO MUNDO do ônibus ouvir, como se fôssemos surdos. Numa altura da pleura! E quem conseguia descansar?
Quando ele encheu o saco das músicas e rezas, apelou pro filme. Uma televisão no ônibus faz toda diferença numa viagem, claro... se não for um musical indiano com legenda em árabe!
Minha gente, o filme parecia que durava a vida inteira!!!! E eu e Rodrigo começamos a brincar com a legenda né? ahuahuauhaauh foi uma onda! O filme era assim: um carinha que matava gente com uma faixa vermelha na cabeça se apaixona por uma mocinha, filha do inimigo dele.
Peeeeense!!!! Rambo choroooooooooooooooooooou de inveja!
E toda hora uma música e uma coreografia diferentes, claro!
Pense! Teve momento que a gente pediu pra morrer... afff!
E só um guarda pediu nosso passaporte. Todos os outros achavam que a gente era nativo e mal nos olhava...
Pausa para comer... fazer xixi... essas coisas.
Avemaria! O banheiro podrinho né? Banheiro de beira de estrada é universalmente podre, fiquem sabendo... E aquele era só um buraco no chão. Tinha que mirar!! ahauauhauhauhauhaauh
Apesar de tudo, a viagem foi tranquila.
DEZOITOOOOO horas depois, a placa:

a placa mais linda do mundo todo! ahhaha

Ai, que felicidade, meu Deus! parecia que havíamos chegado na nossa casa no Brasil! caramba!
Um Mohammad lá [que eu sei que não é esse o nome dele, mas não lembro, então vai Mohammad mesmo!] foi buscar a gente... Uma japinha que tava no ônibus tava procurando um carro pra deixá-la no hotel. E 279627465798090 milhões de Mohammads oferecendo táxi né... aí ela veio no carro que a gente tava e perguntou quanto era.. aí o cara disse:
- São 10 libras cada pessoa. [nem lembro se era esse preço mesmo. Coloquei aleatório...]
- Ah! Não senhor! Você pensa que eu não li antes de vir pra cá, não? Eu SEI que é uma libra por pessoa pra deixar onde quiser! Rá! Tá pensando o quê?
E saiu... A japa era viraaaada! ahuahushuauhsauhsuhasuhas
Antes de chegarmos à pousada, havíamos feito um acordo: NÃO aceitaríamos NENHUM passeio, por mais tentador que fosse.
Chegando lá, uma figuraaaaaaaça veio falar com a gente. Não consigo lembrar o nome também, mas vamo chamar ele de Mohammad do hostel! ahauahuahuahua
Rapaz... o cara uma simpatia! Muito legal mesmo! E o melhor: não chamou a gente de "má frêndi"!
Pediu um tempo pra organizar o quarto e, enquanto isso, ficou conversando conosco, pra confirmar a reserva do hostel e o passeio que havíamos programado desde o Cairo.
- Olha, podem dormir à vontade porque mais tarde a van vai sair às 23h.
- Tá certo. Sem bronca.
- A propósito... vocês são de onde?
- Brasil.
- Noooossa! Eu aaaaamo o Brasil! Sou até parecido com um cantor bem famoso de lá...
- Ah é?
- É Eu tenho uns amigos brasileiros que me disseram isso e eu acho também!
- Ahn... Que cantor famoso?
- Ah! O Latino! Conhecem, né?
- HAUAUHAHUAUHAHUUHAUHAUHAUHAAUUHAUHAHUAUHAUHAUHAAUHAUH
parece ou não parece?
Geeeeeeeeeeeeeente, ele parecia MESMO com o Latinoooooooooooooo!!!!!!!!! A gente riu MUITO!
Ai, aquele lugar parecia um paraíso... Depois de 18 horas dentro de um ônibus com um motorista louco que só escutava reza e assistia a filme indiano, poderíamos dormir! ahahhaha! maravilha!
Dormimos um bocadinho e, quando acordamos, fomos passear pela praia e arredores.
A cidade é bem estranha... parecia cidade fantasma em alguns pontos...
Mas o mar muito bonito e, no horizonte, a Arábia Saudita. Tá bom... a gente tava num golfo, não era num "mar"... mas mesmo assim! =D
Arábia bem ali... é só atravessar o golfo! hiihhihi
Andamos um bocaaaado pra achar areia na praia, porque só tinha pedra...
Quando achamos, sentamos e ficamos lá, contemplando a paisagem e pensando que se a gente tivesse dinheiro contrataria umas pessoas pra nos abanar... huuhuhuhuhuhuhhu... só pensando! ahahahahahahahaha...
friiiia, que tava a água!
Mais tarde, perguntamos ao Mohammad do hostel se ele conhecia um lugar bom e barato pra comer. Delícia de comida! Não era só a fome, garanto! E era mesmo barato!
matando a fomeeeee

De lá, passeamos pela pracinha [é praia, tem que ter pracinha! hiihihih]...
foto da pracinha
foto NA pracinha! o/
Voltamos ao hostel pra nos arrumamos e ir a nosso último desafio: escalar o Monte Sinai. o/

beijos e saudades!

0 viagens...: